Um Sucesso – Encontro Bate, Bate Coração – Faro

23 05 2009

 

DSC_6020Foi sem dúvida um grande sucesso, o encontro Bate, Bate Coração que decorreu no Hospital Distrital de Faro. A adesão foi de tal forma grande e sem precedentes, que a sala do anfiteatro estava lotada. Penso que entre pessoas portadoras de Pacemakers e CDI’s, familiares e profissionais de saúde, devem ter estado perto de 100 pessoas.

Comprova-se assim, que o impacto que a campanha Bate, Bate Coração tem vindo a ter na população portuguesa está a crescer, no entanto muito há a fazer para que se consiga chegar a um maior número de pessoas esta informação.

A sessão foi aberta pelo Dr Rui Candeias, Cardiologista do Hospital anfitrião, que fez uma apresentação admirável sobre a história e desenvolvimento dos dispositivos implantáveis, abordando desde os primórdios da investigação até à actualidade. Pode-se ver como foram realizadas as primeiras experiências com estímulos eléctricos em animais e como estas evoluíram até ao registo dos primeiros electrocardiogramas.

Seguiu-se a Enf. Patrícia do Hospital Prof. Dr Fernando da Fonseca (Amadora/Sintra), que fez uma abordagem sobre os mitos de uma vida saudável, enquanto portadores de pacemaker’s e CDI’s. Evidenciou ainda a forma como no Hosp. Amadora-Sintra se faz o acompanhamento pré e pós-operatório dos portadores destes dispositivos.

Aceitando o convite endereçado pelo Dr Carlos Morais, coordenador da campanha, coube-me a mim dar continuidade ao evento, partilhando a minha experiência enquanto portador de CDI. Como nunca tinha falado em público sobre este assunto, iniciei o meu discurso com o auxilio de um pequeno texto que havia preparado previamente, só para evitar esquecer alguns dos pontos.

Com um pouco de nervosismo miudinho, lá comecei a relatar a minha pequena história de vida. Nada fazia crer que a meio do relato acabaria por me comover, incluindo a plateia, com a descrição do meu primeiro episódio. Tive que fazer várias pausas para conseguir articular as letras e formar frases. Foi uma emoção. Nunca pensei que ao fim destes anos, e depois de ter falado tantas vezes sobre este assunto, tal pudesse acontecer!

A plateia foi formidável ao compreender e a colaborar colocando questões. Foi uma grande e enriquecedora experiência. Houve ainda oportunidade para se debater a importância da criação de grupos de apoio, como forma de ajudar os portadores destes dispositivos a ultrapassarem mais rapidamente o impacto psicológico, que não é nada pacífico.

Para finalizar o encontro, Dr Carlos Morais Cardiologista do Hosp. Amadora-Sintra, acentuou entre muitos aspectos, a necessidade de dar maior atenção ao coração. Referiu ainda que a principal causa de morte em Portugal são as doenças cardiovasculares, evidenciando que é necessário dar importância a sintomas que por vezes temos e não lhes damos a devida atenção, como uma pequena dor no peito, arritmia, palpitação, desmaio, etc. Concluiu com a apresentação dos próximos eventos, dos quais salientou o jantar/concerto com o Carlos do Carmo, encontro/marcha a ter lugar no Parque das Nações no dia 6 de Junho e o dia 13 de Junho como o dia nacional do Ritmo Cardíaco, onde vão haver bancas pelos os Hospitais a sensibilizar para os problemas do foro arrítmico.

O encontro terminou com um pequeno lanche, o que permitiu que todos os participantes podessem abordarem os oradores colocando questões. Algumas pessoas vieram ter comigo, felicitando-me pela coragem e pedirem para se avançar com os grupos de apoio, por considerarem muito importante.

Ver: Noticias Hosp. Faro 

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: