Experiências de vida com o CDI – Por Verónica Martins

19 05 2011

Segue-se o comentário de uma amiga portadora de CDI.

Olá!
Sou portadora de CDI à seis anos, e fiz a primeira substituição a cerca de duas semanas. Quando coloquei o CDI, reagi muito bem emocionalmente. Desde o ano passado que os episódios vieram com alguma “frequência” e comecei a destabilizar. O verão foi muito desagradável e cheguei a desejar não tê-lo. Não gostava, e não gosto da sensação de que vem aí um choque. Sempre que falei com alguém nas salas de espera das consultas sempre me diziam que pouco sentiam. Isso sempre me fez confusão. Mas sei que existem pessoas que sentem o mesmo que eu. Sempre tive curiosidade em saber o que sentem antes, durante o choque e depois. Devido a uma miocardite não posso ter filhos, mas suponho que se o meu problema se resumisse ao CDI não haveria problema. Quando vou às consultas resumo tudo no que está registado, só agora questiono mais o meu médico cirurgião. Que por sinal tem sido incansável a qualquer hora do dia para minhas “sensações”. Muitas vezes é o meu estado
emocional que faz com que eu pense que o choque vem aí. É terrível. Mas sei que se vier, salvou-me.

Verónica Martins, Porto

Convido os portadores de CDI a partilharem a sua experiência de vida do que é viverem com este pequeno aparelho.

Podem enviar para sindrome.brugada@gmail.com, ou grupoapoiocdi@gmail.com.

Anúncios

Acções

Information

3 responses

2 12 2011
PAulo Turolla

Amigos do Coração
TAmbem sou portador de um CDI, e digo a todos que não devemos pensar no choque que vem ai, devemos sim pensar que o Anjo da Guarda que se chama CDI estai para o que der e vier, e quando vier sera muito bem vindo, e o que acontecer com o choque sera uma Hecatombe de vezes mais melhor que MORRER…Relaxa!!!

1 08 2012
ANDREIA RAQUEL DA COSTA RIBEIRO MARTINS

ola chamo-me andreia martins no dia 27 abril achei-me mal fui pr o hospital esse dia fiquei internada no dia seguinte dissero-me a noticia que tinha a sindrome de brugada, fiquei em choque, passado a semana do diagnostico pus o cdi tambem fiquei em panico por saber que aparelho que da choques, masos cardiologistas explicaram estou tranquila sou portuguesa,neste momento estou a viver em londres-inglaterra , e aqui que estou a ser seguida pelos medicos obrigado estae e o meu depoimento.

3 08 2012
ANDREIA RAQUEL DA COSTA RIBEIRO MARTINS

hoje o dia 3 de agosto fui checar o meu aparelho , cdi esta tudo bem, ainda nao actuou, ainda bem,assim ta tudo normal, mas tive ke tirar uma duvida as vese tinha uma dor ,parecia formigueiro, mas perguntei se era do aparelho a dar chokes,mas nao, e um bocado de desconforto de ter o aparelho estar dentro de mim, assim estou mais descansada ,este e o meu depoimento ,obrigada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: