Dia Mundial do Ritmo Cardíaco

14 06 2009

 

Comemorou-se ontem o Dia Mundial do Ritmo Cardíaco em 10 hospitais do país. Esta iniciativa pretendeu, no âmbito da campanha Bate Bate Coração, sensibilizar a população em geral para os problemas de coração, focando as arritmias como a principal causa de morte em Portugal.

Voluntários

No Hosp. Distrital de Faro, a banca Bate Bate Coração contou com a preciosa ajuda de 5 voluntários, que estiveram todo o dia a distribuir panfletos e a esclarecer as pessoas sobre esta problemática. Foram distribuídos igualmente panfletos por várias zonas do hospital para ampliar a divulgação o mais possível.

Notou-se contudo, um completo desconhecimento e despreocupação pela parte da população em geral, verificando-se não haver, inclusive, vontade de aprofundar os conhecimentos nesta matéria. Muito trabalho há ainda a fazer para combater esta abstenção de informação.

As arritmias quando não estão propriamente diagnosticadas, podem se tornar numa bomba sem rastilho podendo  explodir, e não haver qualquer hipótese para a cura ou tratamento. 

É necessário diminuir este risco. Para isso, as pessoas têm de estar sensibilizadas para a necessidade de visitar um médico cardiologista, como visitam o dentista ou oftalmologista. Por vezes, um Electrocardiograma é suficiente para avaliar o risco da pessoa de ter arritmias. Se sentiu palpitações, sensação de desmaio sem motivo, ou uma alteração no seu ritmo cardíaco, faça uma visita ao seu cardiologista e peça-lhe um ECG.

Para melhor o esclarecer, clique nos links abaixo e consulte os guias Bate Bate Coração.

Anúncios




13 de Junho – Dia Mundial das Arritmias

9 06 2009

Arritmia

No âmbito da campanha Bate Bate Coração e em simultâneo com outras organizações internacionais, irá-se comemorar no dia 13 de Junho o Dia Mundial das Arritmias.  Serão organizadas acções esclarecimento nos principais hospitais de todo o país, com a colocação de bancas onde se distribuirá material informativo sobre as arritmias cardíacas.

ArritmiasNa opinião do coordenador nacional da campanha, Dr Carlos Morais, “ esta iniciativa é um dos eventos mais importantes da campanha, pelo seu poder mediático e como contributo significativo para uma ampla discussão na sociedade sobre o tema das arritmias cardíacas, aumentando o conhecimento geral dos portugueses sobre este tema e assim facilitar o acesso a diagnósticos e terapêuticas.”

Se tem dúvidas ou questões relacionadas com arritmias, este é o momento ideal. Visite um dos hospitais aderentes entre as 10 e as 18 horas, e encontrará profissionais de saúde capazes de esclarecer e informar.

Hospitais aderentes: Faro, Setúbal, Sta Marta, Sta Maria, Fernando Fonseca, Santarém, Aveiro, Coimbra, Sto António e Braga.